Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.
Brasil

Assuma o Controle Novamente

Eu devo reconstruir meus seios?

A reconstrução mamária é feita após mastectomia. Algumas escolhem a reconstrução após o câncer de mama, mas a decisão é sempre da paciente.

Alguns escolhem a reconstrução por razões práticas como: um melhor ajuste das roupas, aversão aos implantes mamários, auto estima e sexualidade. Na Mentor® entendemos que essa é uma escolha exclusivamente pessoal e queremos que você se sinta confiante com a sua decisão.

alt

Quais são as minhas opções?

A cirurgia de reconstrução mamária muitas vezes envolve mais de um procedimento que pode ser realizado em etapas. A reconstrução mamária pode ser feita no momento da mastectomia ou depois. Há uma série de fatores que contribuem para o momento do procedimento, incluindo o tipo de mastectomia, tratamentos para o câncer e seu tipor de corpo.

Reconstrução Mamária Imediata

A cirurgia de reconstrução de mama imediata, começa no momento da mastectomia. Depois que o cirurgião geral remove o tecido mamário, o cirurgião plástico começa a cirurgia reconstrutiva. Em geral esse tipo de cirurgia é oferecida a mulheres comcâncer em estágios iniciais que não precisam de tratamentos adicionais ( quimioterapia e radioterapia).

VANTAGENS
  • Fazer somente 1 cirurgia.
  • Pode aumentar a confiança na hora de fazer a mastectomia , sabendo que a reconstrução será feita em seguida.
DESVANTAGENS
  • A cirurgia e o tempo de recuperação são mais longos.
  • A paciente pode ter um risco maior de complicações após a cirurgia se combinado com outros tratamentos

Reconstrução Mamária Tardia

Fazer a cirurgia de reconstrução de mama após a mastectomia. O tempo entre as cirurgia vai depender da condição da paciente.

VANTAGENS
  • Permite que o médico faça outros tratamentos para o câncer.
  • Minimiza a pressão, permitindo que você tenha mais tempo para considerar suas opções.
DESVANTAGENS
  • Requer uma cirurgia adicional.
  • A cicatrização da mastectomia pode tornar a reconstrução mamária mais desafiadora.